Acabou a Maldição

edmilson-comemora-gol-pelo-sport-contra-o-santa-cruz-no-campeonato-brasileiro-1464831971087_615x300

Por Fábio Brito

O futebol é paixão
E muitas vezes nos tira a razão
A emoção aflora,
Falo o que não era para ser dito
E nas redes sociais
Escrevemos as vezes coisas sem sentido

Ontem horas antes do jogo no Face
Teve muita discursão
Foi o texto do Targino “ Sport não se joga final com terceiro uniforme”
Concordei em gênero e grau
Isso não teve discursão

Mas atribui a derrota
Por causa da cor do padrão?
Ai o bicho pegou
E começou a discussão
Falei que ela baboseira
Pois camisa na arma time
Não joga bola
E não falha não

Ai o Targino me elogiou
Sarcasticamente me chamado de Lindão
E me perguntou, quer que eu desenhei o texto?
Pois o texto dele, eu não sabia interpretar não

Eu como sou uma cabra vivido
Não mandei ele se lascar
Pois prefiro ganhar no argumento
Ai invés de brigar

Então o agradeci por me elogiar
E disse, se o Sub 17 tivesse ganho
Aquele texto eu duvido
Que não tinha sido escrito
E a camisa azularanja, ele não iria amaldiçoar

Os meus amigos desse grupo
Jose Henrique e Helder Aragão
Os Xiitas além do Targino que estavam de plantão
Só aceitam a camisa vermelha e preta
A que consta no estatuto
A nº1 do padrão

Eu respeito todo mundo
Cada um com sua opinião
Mas camisas de outras cores
Eu gosto e tem minha aprovação
Mas o vermelho preto
Sempre será o preferido do meu coração

E ontem minhas preces foram ouvidas
O Sport entrou em campo
Com a camisa azulão
Durval apagou o Grafite
DS 87 jogou um bolão
EdMito guardou o dele
Fez a alegria da Nação
A Sarna perdeu o cabaço
Em pleno Imundão
Dá lhe camisa azul
Acabou sua maldição

Fábio Brito nasceu em Recife, é rubro-negro e reside em Brasília.

O texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Leões do Cerrado.

rodape1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *