Standing on the shoulders of a Giant

Por Ivo Mascena “Eu sou a nata do lixo, sou do luxo da aldeia, sou do Ceará”. Esse é um trecho de uma música chamada Terral, do arquiteto e dublê da cantor Ednardo (o que engomava as calças e admirava um pavão estranho), e é considerada um hino extraoficial das terras alencarinas, algo como o “Voltei Recife”ou “Leão do Norte” serve para nós. A frase pode ser interpretada de diversas maneiras, curiosas e instigantes.

21 de Abril de 2015
Read More >>

Protagonista, coadjuvante ou vilão?

Por Ivo Mascena O Sport conta com uma torcida grande, apaixonada, crítica e, na visão dos demais torcedores, chata. Em Pernambuco tem a supremacia, mesmo que numa fase ou outra, deixe um dos outros dois grandes do estado se refestelarem um pouco ao sol, pra ajudar com a vitamina D. Regionalmente conseguimos alguns êxitos, mas não somos hegemônicos

19 de Abril de 2015
Read More >>