Com poucos rubro-negros nas arquibancadas, Sport inicia a Copa do Nordeste

Copa-do-Nordeste-trofeu-01-e1426862655688

Por Alessandro Matias

O Leão estreia hoje pela Copa do Nordeste, fora de casa e com pouca presença de sua torcida. Tudo por conta da desorganização e incompetência dos envolvidos: diretoria do Botafogo/PB, CBF, Ministério Público e PMPB.

Com relação ao Sport, o time ainda não se encontrou nessa temporada. É certo que falta entrosamento ao time e, mais do que nunca, contratações.

O Sport tem que fazer mais algumas aquisições se quiser fazer história no ano de 2016. E é isso que a diretoria rubro-negra quer. Afinal, o ano passado foi marcado por dois pilares inversos: o de ser bem colocado no Brasileirão e o de não ter levantado nenhum troféu para a sua torcida. E é essa a principal dor de cabeça do Presidente Martorelli. Ele quer ser campeão pelo clube antes das eleições ao final de ano.

O time vai entrar em campo sem a presença de Johnathan Goiano, que ainda não está escrito na competição. Mark González é outro que desfalca o time, está com um problema de lesão na coxa.

Prováveis times:

Botafogo/PB: Michel Alves, Ângelo, Plínio, Magno Alves e Zeca; Gedeil, Val, Thiago Costa (Marcos Antonio) e Janeudo; Jó Boy e Daniel Cruz.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Serginho, Luiz Antônio, Reinaldo Lenis e Everton Felipe; Túlio de Melo.

A arbitragem é de Caio Max Augusto Vieira com o auxílio de Vinicius Melo de Lima e Jean Marcio dos Santos.

Alessandro Matias é editor do site Eu Pratico Sport

O texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Leões do Cerrado

rodape

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *