Consulado do Sport em Brasília – História e Compromisso

Consulado do Sport em Brasília – Torcida Leões do Cerrado

História e Compromisso

Desde 1999, os torcedores do Sport Club do Recife, residentes no Distrito Federal, já se mobilizavam a fim de acompanhar os jogos do clube de coração pelos estádios perto da capital e em bares da cidade. Em 2003, havia um bar na cidade de Taguatinga que transmitia os jogos da Série B de 2003 e que reunia alguns torcedores do Sport, foi o primeiro movimento prático de se formar uma torcida.

Em 2005, após procurar um local fixo para assistir aos jogos do Sport, a torcida começou a frequentar um bar no Sudoeste, O Bonzão, que eventualmente transmitia os jogos.

Mas foi mesmo o ano de 2006 que marcou definitivamente a história da torcida. Neste ano, a TV fechada iria transmitir todos os jogos do Sport durante a Série B e isso foi de fundamental importância para que os encontros fossem frequentes, fortalecendo com isso o vínculo de amizade entre os torcedores e o interesse em assistir juntos aos jogos do clube. O bar escolhido foi o mesmo do ano anterior – O Bonzão.

A torcida já tinha alguns fiéis seguidores e um local fixo para assistir aos jogos, mas faltava um nome. Após uma pequena votação com os torcedores, surgiu em 27/05/2006 a torcida Leões do Cerrado, a primeira, a maior e mais organizada torcida do Sport fora de Pernambuco. Torcedores como Ailton Valença, Jackson Alves, Maxwell Paz, Leonardo Pinheiro, Jefferson, André Dantas, Erickson, Sergio Augusto, Antonio Neves e Carlson assumiram a organização da torcida.

Em 2007, após o encerramento das atividades do bar O Bonzão, a torcida Leões do Cerrado mudou-se para a sua atual sede, o Jardins d’ Itália, localizado no SIA. Com a segurança de um local próprio para acompanhar os jogos, a torcida pode crescer e promover algumas ações, como a criação de um website, contas em redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram), a confecção de camisas da torcida, viagens para acompanhar o Sport em cidades próximas e eventos de confraternização, dentre outras ações.

Hoje, passados mais de 11 anos, temos um orgulho imenso em sermos reconhecidos pela Diretoria do Sport Club do Recife, representada pelo presidente executivo, Sr. Arnaldo Barros, como Consulado do Sport em Brasília, nos comprometendo a ser o meio que o Clube esteja ainda mais presente na vida dos rubro-negros que moram longe do Recife, especificamente na Capital Federal. Seremos um “pedaço da Ilha do Retiro” em terras candangas, atuando como ponto de apoio para adesão de novos sócios e tendo o papel de disseminar a paixão pelo Sport Club do Recife, o Maior do Nordeste.

Pelo Sport Tudo!

Brasília, 16 de março de 2017

This article has 2 Comments

  1. Ailton e os demais membros organizadores estão de parabéns, pela grande noite de ontem. Tive a oportunidade de conhecer o Sr. Arnaldo Barros, Presidente do Sport Club do Recife. Cidadão simpático e atencioso, que esteve aberto aos que quizessem tecer alguns comentários sobre o nosso glorioso Sport, o encarnado e preto de origem mais antigo do Brasil. Foi uma noite maravilhosa, onde pudemos relembrar alguns fatos como: a conquista da Copa do Brasil, o re-torno à Série A (debaixo de chuva) no Serra Dourada em Goiania quando vencemos o Vila Nova por 1 x 0, e, a nossa principal conquista, o Campeonato Brasileiro de 1987 (assisti o primerio jogo no Brinco de Ouro em Campinas onde empatamos com o Guarani por 1 x 1). Também não foram esquecidos os 40 titulos do campeonato pernambucano.
    A todos, obrigado pelo convite.

    1. Obrigado Mauricio pelas belas palavras e carinho.
      Nossa nação rubro-negra torna-se muito maior quando cada consulado é aberto.
      PST

      Jackson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *