Sport faz história rumo à serie B ao perder mais uma no Brasileiro

hqdefault

Por Zé Henrique

Este título pode até parecer exagerado, mas não é tanto assim. O Sport faz uma campanha histórica rumo à Série B, pois existem campanhas onde o time foi rebaixado e que o rendimento da equipe era melhor que o atual. Domingo tem o Fluminense na Ilha; um time limitado, mas que provavelmente ganhará do Sport (e isso pode não ser totalmente ruim).

A fase é tão ruim que Gabriel e Lucas Lima que estavam na seleção voltaram para jogar contra o Sport. Não que precisasse, porque o time do Leão é tão limitado, que mesmo os meninos da Vila sub20 poderiam ganhar do Sport. Oswaldo de Oliveira tem tirado leite de pedra, mas não pode ir muito além pois o limite técnico já bateu à porta e nem mesmo Guardiola faria esse time jogar muito mais.

Não adianta ficar enumerando as ruindades do time da Praça da Bandeira; elas são conhecida por todos e não difícil identificar. Com relação ao time, precisa-se voltar a dizer que Luiz Antonio eu não desejo nem para o Náutico nem para o Santa de tão ruim que essa desgraça é. Neto Moura não vai resolver nossos problemas no meio campo (que podem aumentar se essa perua sobre Diego se confirmar verdadeira) , mas tenho a plena convicção que tanto Neto quanto Ronaldo fariam papel melhor que ele.

Oswaldo não foi um primor na zaga, mas ainda assim mostrou mais serviço do que Matheus Ferraz, um que eu desejo ver no futebol da Índia. O time está no limite técnico e essas contratações (o termo não é o ideal, mas para me fazer entender) que Falcão trouxe, não tem nenhum indício que podem melhorar. Lênis é o único caso a se lamentar, pois mostrou que sabe tratar bem a bola, mas necessita de muito trabalho psicológico para, talvez, engrenar novamente.

A diretoria tá escondida  e todas as suas tentativas tem sido em vão. Martorelli errou como um amador ao entregar a chave do futebol para Falcão, um treinador (treinador?), não treinador, não. O Rei de Roma, com sua mentalidade do século retrasado conseguiu mandar embora Nei Pandolfo, Régis e Hernane, três peças das quais o Sport sente uma falta tremenda atualmente. Martorelli foi irresponsável , como jamais fora com seu escritório.

Arnaldo, que tem menos voz do que aparenta, é o melhor subalterno da face da terra. Em momento algum dá a transparecer as culpas e falhas do chefe, mas ele agora também resolveu sumir, já que as contratações “que assinam essa semana” não chegam nunca. Não adianta querer André, Sóbis, Luis Fabiano e não ter cacife para atrair esses nomes para o Nordeste. O cacife não é só grana, mas o projeto, o ir além.

Perdemos o homem que conseguia trazer as estrelas para cá e a diretoria além de não ter sucesso nenhum nas grandes negociações, parece querer se isolar dos demais rubro-negros e viver na ilha da fantasia que eles criaram no imaginário. Isso parece ter o toque da arrogância e da prepotência, mas eu sinceramente, espero estar errado e que eles só estejam tentando fazer o melhor pelo Sport.

Espero que dê tempo de consertar, porque o Titanic tá naufragando…

PELO SPORT TUDO!

Zé Henrique* é colunista do site parceiro Canelada F.C.

O texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Leões do Cerrado.

rodape1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *